Desafio 52 semanas: 10 coisas que aprendi com a vida

Oi galera! Vamos para mais um post do Desafio 52 semanas? Para conhecer as blogueiras participantes, clique aqui.

Nesse post irei falar sobre 10 coisas que eu aprendi com a vida até hoje, mesmo com meus míseros 23 aninhos. Bora?

 

1 – As pessoas se vão

Bom, é assim óbvio. As pessoas se vão, e não tem nada que possamos fazer a respeito. Eu já perdi meus dois pais, meu pai quando eu tinha 14 anos e minha mãe quando eu tinha 20. Os dois, de maneiras diferentes, foram dolorosos. Superar a morte de um ente querido pode parecer impossível, mas depois que você aceita e entende que isso está fora do nosso alcance, fica mais fácil. Então, não tem problema. As pessoas se vão, e isso é normal.

 

2 – Saúde mental é importante também

A melhor coisa que fiz por mim, sem sombra de dúvidas, foi começar uma terapia. Ano passado eu comecei a trabalhar em um emprego que me sugou e mexeu tanto com minha cabeça, que não vi outra escolha senão começar uma terapia. Hoje, sinto que estou bem melhor, e acho que todo mundo deveria tentar um dia. Não tenha vergonha, terapia NÃO É sinal de fracasso. E sim, que você só quer melhorar.

Leia também: Achei por aí: cappuccino Babuska

3 – Perder amizades é normal

Ensino médio, você jura amizade eterna. Depois que acaba, cada um vai para o seu lado, e a amizade acaba. Você se sente um lixo, mas sem motivo. É normal que algumas amizades não durem. Depois da escola, cada um segue o seu caminho, e tá tudo bem. Esteja sempre disposto a aceitar novas pessoas! No meu caso, perdi algumas pessoas mas ganhei outras. E, ainda tenho amigas dessa época! Não conversamos todos os dias, mas eu sei que o carinho ainda existe. E tá tudo bem também.

4 – O mundo não vai acabar

Quando a gente é novo, acha que tudo é o fim do mundo. E não é! Ainda estou aprendendo isso, mas é normal ter 25 anos e nao ter um emprego bom, uma casa e um carro. Existe uma pressão gigantesca para que nós, jovens, tenhamos do bom e do melhor o mais rápido possível. Só que ninguém conta que cada um carrega uma batalha diferente, e o que foi fácil para um pode não ser para o outro. O segredo aqui (que ainda estou aprendendo) é relaxar.

5 – Com calma a gente conquista tudo

Complementando o que eu disse ali em cima, com calma a gente conquista tudo. Não é porque aquele seu colega do colégio está ganhando 5 mil e tem uma casa de praia aos 20 anos que você tem que se por a pressão de conseguir isso também. Tudo tem seu tempo!

6 – Cuidado com a pressão em ser perfeito

Almejar o crescimento é normal e é até saudável até certo ponto. É normal querer conquistar as coisas, seja ela um bem material ou até mesmo alguma mudança estética. O problema, pra mim, é quando isso extrapola o limite do bom senso e você começa a ficar louco com isso, e acaba frustrado no final. Aqui, vai o que disse lá em cima: faça terapia! Ela vai te ajudar a conquistar as coisas, mesmo aos poucos.

7 – Trabalhe duro

As coisas não caem do céu, então não adianta querer se não correr atras. Uma coisa que já aprendi é que é importante trabalhar duro para conquistar aquele objetivo. Quer ter sua casa? Arrume um trampo, coloque um prazo, junte dinheiro. Mesmo que signifique deixar de sair ou comprar algumas coisas. No fim daquele prazo, quando você atingir o objetivo você verá que tudo valeu a pena.

 

Leia também: Desafio 52 semanas: 5 produções originais da Netflix

 

8 – Não é possível agradar a todos

Isso é um fato: nem sempre será possível agradar a todos. Como pessoas, cada um tem seu temperamento, seus gostos e seu estilo. Então, viva para se agradar, não agradar os outros. Corte seu cabelo porque você quer, não porque o namorado ou a mãe gosta. Use a cor amarela por se sentir bonita, não porque sua avó e sua irmã gosta. Quando partimos deste pensamento, as coisas ficam mais fáceis.

9 – Não desista dos seus sonhos

Somos novos para desistir dos sonhos! Sonho não tem idade, tem persistência. Quantas pessoas nós já vimos realizar o sonho, independente da idade? Uma coisa que já aprendi, é que não posso jamais desistir do que eu quero pra mim. Então, só vamos conquistar o mundo!

10 – Segue o baile

Esse pra mim é o mais importante de todos. SEGUE O BAILE! O ônibus não passou? SEGUE O BAILE. Descobriu que aquele boy era um lixo? SEGUE O BAILE!  A vida é muito curta pra gente se importar com bobeiras que não temos controle.

Deixa aí nos comentários as coisas que vocês aprenderam com a vida. Vamos compartilhar e viver!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *