[resenha] Anime: Violet Evergarden

Violet Evergarden é um anime original Netflix. Não é segredo que os animes ainda são vistos como infantis e até mesmo considerados “bobos” para a maioria do público brasileiro, mas podemos notar que esse cenário tem mudado um pouco nos últimos tempos, e agora a Netflix tem apostado em trazer mais animes para seu catálogo e também em fazer adaptações live action de animes consagrados (mesmo depois do fracasso com Death Note).

Sinopse: “Um certo ponto no tempo, no continente de Telesis. A grande guerra que dividiu o continente em Norte e Sul terminou após quatro anos, e as pessoas dão boas vindas a uma nova geração. Violet Evergarden, uma jovem conhecida como “a arma”, deixou o campo de batalha para começar uma nova vida no serviço de correios. Lá, ela fica profundamente emocionada pelo trabalho das “Bonecas de Recordações Automáticas”, que carregam os pensamentos das pessoas e as converte em palavras. Violet começa sua jornada como uma Boneca de recordação Automática e fica frente a frente com as emoções de várias pessoas e diferentes formas de amor. Há palavras que Violet ouviu no campo de batalha, que não pode esquecer. Essas palavras lhe foram dadas por alguém que ela gosta, mais do que qualquer outra pessoa. Ela ainda não conhece seu significado, mas procura encontrá-lo. ”

Fonte: Ambient (https://www.anbient.com/anime/violet-evergarden)

O anime foi lançado em janeiro e até o momento conta com 7 episódios, sendo lançados toda quinta-feira. A light novel conta com 2 volumes até o momento e continua ativa.

O design no anime é maravilhoso: os traços, a ambientação, o arranjo musical, tudo te faz mergulhar na história e se encantar pelos personagens, principalmente Violet, uma garota (android? Confesso que ainda tenho minhas dúvidas) que servia na guerra sob o comando de Gilbert. Depois que a guerra acabou ela acorda em um hospital onde se recupera dos ferimentos, sem saber onde está Gilbert ela parte juntamente com Hodgins – ex militar – onde começa a trabalhar na companhia de cartas dele conhecida como CH Postal Company. A partir daí, Violet inicia sua busca por conhecimento a fim de entender as últimas palavras ditas por Gilbert antes de se separarem.

O anime engloba vários gêneros, desde slice of life e drama, a cenas de ação, enquanto acompanha Violet em suas viagens, onde a cada episódio ela vivencia uma realidade diferente e sentimentos diferentes através dos personagens secundários. Ao decorrer da história é evidente a transformação de Violet que antes era uma garota robotizada que havia crescido em meio à guerra e agora conforme entra em contato com o mundo e as pessoas, passa a ter um olhar diferente sobre as relações e os sentimentos que antes ela não conhecia.

E então o que acharam? Eu pessoalmente estou amando, então deixe nos comentários o que vocês acharam e se ficaram com vontade de assistir.

1 thought on “[resenha] Anime: Violet Evergarden

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *