[resenha] Desencantada – Carina Rissi

A um tempo atrás, eu conheci os livros da Carina Rissi, por puro acaso. Me apaixonei por No Mundo da Luna, e corri para comprar a coleção Perdida. Então, antes que você comece a ler essa resenha, saiba que quem vos fala é uma enorme fã da autora. Confesso que eu não estava tão animada pro livro da Valentina, já que desde a série Perdida, eu não gostava dela e não via a necessidade dela ter uma história. Mas eu nunca estive não enganada.

Sinopse: Valentina de Albuquerque descobriu muito cedo que não é nenhuma princesa encantada. Em vez de bailes e romance, tudo o que a jovem deseja é encontrar um jeito de viver com dignidade longe do pai e da madrasta, que tem como hobby fazer da vida dela um inferno. A oportunidade surge com uma proposta de casamento. Quase passando da idade de se casar, Valentina cogita aceitar. Seu coração não se alvoroça com o pretendente, mas ela não está à procura do amor. Seria um bom arranjo… se o capitão Leon Navas não cruzasse o seu caminho.

O misterioso espanhol é mal-educado, irritante, atrevido — além de lindo —, e Valentina ficaria muito feliz se jamais voltasse a vê-lo. Mas o destino parece decidido a reuni-los, e, após um equívoco embaraçoso, ela está noiva de Leon, de quem pouco sabe, exceto que seu coração dispara toda vez que seus olhares se cruzam e que irritação não é o único sentimento que o capitão lhe desperta. Então Valentina sofre um terrível acidente. Assustada, porém disposta a provar que não foi um simples acaso, ela vai atrás do responsável. Entre suspeitas, disfarces, segredos e contratempos, a moça acaba sucumbindo à irresistível e devastadora paixão, sem se dar conta de que o perigo ainda está à espreita… Poderá uma garota nem um pouco encantada viver um conto de fadas e conseguir o seu final feliz?

SPOILERS ABAIXO!

Valentina era uma menina que, digamos, era mimada e a queridinha e perfeitinha perante a sociedade. Mas, com um escândalo envolvendo a pulada de cerca de seu pai, a morte rápida da mãe e a amante ficando gravida, ela é forcada a mudar de lugar para recomeçar a vida. Com menos dinheiro e morando longe de todos, ela tenta encontrar alguma alegria, embora Miranda, sua madrasta, faça questão de não deixar isso acontecer.

O encontro de Valentina com Leon é do jeito que a gente gosta: aquela atração transformada em briga. Leon é um marinheiro que está na cidade para novos negócios, e como todo mocinho, já teve um coração partido. De cara, já gostei do Leon. Aquela mistura de bad boy com fofura me pegou desde o começo e, Ian me desculpe, mas eu AMO o jeito ogro do Leon. Inclusive, eu imaginei ele com uma mistura do Jason Momoa com o Dante, de No Mundo da Luna.

jason momoa - leon navas

Mais um porque a gente gosta hehe

jason momoa - leon navas

Valentina minha filha, que vida sofrida é essa? Ela e o capitão Navas vivem brigando, em uma dessas brigas – onde nossa pobre menina descobriu que sua mãe havia sido assassinada – ela é jogada pra fora do navio de seu mozão. Resultado? Ela é encontrada pela *ATENÇÃO* fada madrinha da Sofia e volta como Dominique. Sim, em pleno século XIX Valentina se disfarça de homem para tentar descobrir quem tentou tirar sua vida. Como se não bastasse, ela foi trabalhar para o Capitão Navas, seu ex-atual noivo.

Quero fazer uma ressalva pra Carina. Mulher, que história! Era tanto eita atrás de eita que eu não consegui acompanhar. Ao longo do livro, me vi suspirando, gritando, chorando e me emocionando. Me apeguei tanto a história que quase 1 semana depois de ter lido ainda me pego pensando em tudo que aconteceu.

Eu já falei aqui sobre o que achei sobre o Destinado, e quem me conhece sabe que achei o Prometida meio morno. Acho que com esse último livro, a Carina colocou toda a emoção que faltou nos outros. Ahazou!

Vou parar por aqui, pois essa resenha ta ficando grande demais. Depois eu volto para contar mais sobre esse livro maravilhoso. E aí, você já leu Desencantada? Deixa ai nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *